Bolsonaro revela um dos maiores absurdos praticados pelo PT (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Os carteiros dos Correios do Brasil terão descontados até 2030, em torno de R$ 520 por mês, para cobrir o rombo que o Partido do Trabalhadores deixou no fundo de pensões deles.

A informação escandalosa foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) durante entrevista à jornalista e apresentadora, Leda Nagle, nesta quarta-feira (15).

Bolsonaro foi direto ao ponto e fez a revelação:

"Quando você encontrar com um carteiro, peça para ver o contracheque dele. Não é para saber quanto ele está ganhando, não. Há um desconto especial no contracheque, em torno de R$ 520 por mês. Isso porque o fundo de pensão dos Correios foi assaltado pelo PT. 
O partido comprou papéis de empresas venezuelanas. O rombo é enorme. Para os carteiros não perderem a aposentadoria, terão de pagar R$ 520 por mês até 2030 - revelou o presidente, acrescentando que a estatal é uma das próximas a ser privatizada pelo seu Governo.
A situação está bastante avançada", completou.

O Instituto de Previdência Complementar (Postalis), fundo de pensão dos Correios, registrou uma redução de 45% no patrimônio do Plano de Benefício Definido. Tanto servidores quanto aposentados da empresa estão penalizados desde 2014 a repor o prejuízo que as gestões petistas deram no órgão.

Todos terão que pagar por R$ 12 bilhões, que é a diferença entre os recursos garantidores pelo plano e a soma dos compromissos com os participantes.

Absurdo!

Veja o vídeo:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Conheça também a Cerveja Artesanal Bolsonaro, CLIQUE AQUI!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar