Moro diz que "STF perdeu força e legitimidade"

Ler na área do assinante

Em entrevista concedida ao Estadão, o ex-juiz federal, Sérgio Moro, não poupou críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que a corte máxima do Brasil perdeu “força e legitimidade” perante a opinião pública. 

As declarações foram dadas quando o ex-ministro da Justiça comentava sobre a possibilidade de uma PEC ser aprovada, anulando, assim, as decisões não unânimes do STF.

- Historicamente falando, os melhores momentos do STF foram o mensalão e durante a Lava Jato, quando ela era apoiada pelo Supremo. Depois, com a ressalva de que há ministros que sempre defenderam o combate à corrupção, decisões começaram a ser maiorias que enfraqueceram o combate à corrupção. O STF acabou perdendo força e legitimidade frente à opinião pública. Isso favorece a apresentação de propostas dessa espécie - explicou o ex-magistrado, que também tem sido vítima de decisões do Supremo

Moro também falou sobre a anulação das condenações contra o ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A decisão é relacionada às ações penais que envolvem os casos do tríplex do Guarujá, do sítio de Atibaia, além da sede e das doações ao Instituto Lula.

A anulação proferida pelo STF em abril de 2021 permitiu ao petista disputar a eleição presidencial deste ano.

“Ninguém praticou nenhum crime para condenar ninguém. Nós éramos competentes para julgar aquele caso. O Supremo mudou sua jurisprudência dizendo que era da Justiça Eleitoral e anulou o caso. Culpar os procuradores e juízes que fizeram seu trabalho é um absurdo”, disse Moro.

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar