URGENTE: TRE nega ação para barrar candidatura de Tarcísio em SP e impõe derrota vergonhosa ao PSOL

Ler na área do assinante

Uma ação encaminhada pelo Psol para tentar impedir a candidatura do ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Rep) ao governo de São Paulo foi rejeitada no final da tarde desta terça-feira (21), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP).

A legenda de esquerda alegava que Tarcísio, que residiu nos últimos anos em Brasília, não teria domicílio reconhecido no estado, o que seria um impeditivo à candidatura, segundo a legislação.

Em sua defesa, Tarcísio comprovou que possuía residência fixa na cidade de São José dos Campos, cidade do interior paulista, para onde mudou seu domicílio eleitoral pelo menos três meses antes do prazo máximo para regularizações e atualizações cadastrais no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), encerrado no último dia 4 de maio.

O ex-ministro também comprovou que possui familiares neste mesmo município há mais de 20 anos.

Na decisão favorável ao pré-candidato, o relator, entretanto, não entrou no mérito da questão. O desembargador Silmar Fernandes rejeitou o pedido do Psol sob a alegação de que teria ocorrido fora do prazo, no que acabou seguido por unanimidade.

O presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros, autor da ação, prometeu recorrer.

Mais uma dura e vergonhosa derrota para os esquerdopatas que insistem em ‘jogar fora das quatro linhas’, na velha tática de puxar o tapete, ludibriar e espernear.

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar