desktop_cabecalho

Malafaia detona distorções da velha mídia em prisão de ex-ministro e escancara bilhões desviados pelo PT (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O pastor e líder religioso Silas Malafaia, que comanda a Assembléia de Deus, com milhões de fieis no Brasil e no exterior, fez uma análise fria da cobertura da velha mídia sobre a recente prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, que seria suspeito de participar de um esquema de corrupção e desvios na pasta.

Polêmico e direto como sempre, Malafaia levantou alguns pontos que fazem parte da ‘cartilha básica do jornalismo’, que inclui uma série de questionamentos que vão além da simples notícia. Ele destacou, por exemplo, a ausência dos prefeitos, seja nas prisões ou mesmo nas citações das reportagens, e com razão, afinal, se há os corruptores, onde estaria a figura dos ‘corrompidos’?

"Se eles estão presos por suspeita de corrupção, cadê os caras, cadê os prefeitos? Não tem prefeito suspeito? Corromperam quem? A PF não pediu a prisão de prefeitos? Estranho, não?"

O pastor ainda ironizou a tentativa de comparação entre o atual caso, sem provas ou confirmações de valores e pagamentos, e os bilhòes desviados do Estado brasileiro nas gestões de Lula e Dilma:

"Só pode ser brincadeira. Só em acordo de devolução de dinheiro roubado dos governos do PT, são 22 bi. Recuperado da Petrobras, quase 7 bi. Um gerente devolveu 100 milhões de dólares. Lula foi condenado por corrupção sem nenhum voto a favor nas três instâncias. Qual a condenação de Bolsonaro, qual o envolvimento dele em corrupção?", disse Malafaia.

Vale ressaltar que não só o governo federal, como também as lideranças evangélicas estão empenhadas em desvendar tudo o que, supostamente, envolver atos ilícitos no seio do poder público em que representantes ou lideranças religiosas possam estar envolvidas.

"Nós denunciamos e nós queremos investigação séria e doa a quem doer."

Por outro lado, é importante lembrar que, pelo menos, até o momento, não há provas do envolvimento de Milton Ribeiro em qualquer esquema de corrupção ou que tenha obtido qualquer tipo de vantagem pessoal na condução do MEC, tanto que o ex-ministro acabou solto, no início da tarde desta quinta-feira (23), menos de 24 horas após o mandado de prisão.

Assista:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar