desktop_cabecalho

O desespero dos NÃO escolhidos: Políticos oportunistas tentam surfar na nova "onda Bolsonaro"

Ler na área do assinante

Uma prática muito comum entre os futuros candidatos é tentar demonstrar força política publicando fotos e vídeos com Bolsonaro.

Nada anormal ou imoral, se não fosse o fato de alguns usarem vídeos antigos editados e fotos com legendas fantasiosas para tentar convencer o eleitorado de que ainda detém algum tipo de prestígio junto ao Presidente.

Um exemplo disso aconteceu neste final de semana, onde um Deputado Estadual da Bahia, Capitão Alden, divulgou um vídeo de meados de 2017, ao lado do então Deputado Federal Jair Bolsonaro, onde Alden alega ser o Capitão da Bahia e Bolsonaro, o Capitão do Brasil.

No vídeo, amadoramente editado pela equipe do Deputado Alden, Bolsonaro está visivelmente mais jovem, causando estranheza entre os seguidores, o que virou motivo de críticas de outros pré-candidatos e piada do entorno.

Se na época, Capitão Alden deteve algum prestígio político com Bolsonaro, ele perdeu no decorrer de seu mandato, ao votar pautas LGBT na ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), ou apoiando ações que pedem mais poder às lésbicas e também publicando nota oficial  reforçando "ESTIMA E RESPEITO" ao Governador petista, Rui Costa.

Veja a matéria de 2020, que relata as ações pró esquerda do Deputado Alden:

https://observatoriog.bol.uol.com.br/noticias/deputado-bolsonarista-surpreende-e-defende-lgbts-duran...

Enquanto muitos policiais são perseguidos politicamente e outros são mortos pelos bandidos das facções baianas, o Capitão Aldem gastou seu tempo apoiando "mais poder às lésbicas" na tropa e declarou que "defenderei isso nem que arrisque a minha vida (...) é contra isso que luto", como podemos comprovar na matéria no site oficial da Assembleia Legislativa da Bahia:

https://www.al.ba.gov.br/midia-center/noticias/37873

A acusação de tentar manipular a opinião dos eleitores baianos aconteceu porque o Presidente Bolsonaro publicou dois vídeos neste ano dizendo que o seu capitão na Bahia é o pré-candidato a Deputado Federal Capitão André Porciuncula, nomeado por Bolsonaro na Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura.

Homem de confiança do Governo, que comandou todas as mudanças da Lei Rouanet, sendo o braço direito do Mário Frias e um importante secretário do Presidente Bolsonaro.

Bolsonaro fez questão de assinar a ficha de filiação de Porciuncula no PL e disse "AGORA a Bahia tem um Capitão", em detrimento ao Capitão Alden.

Vale lembrar que André Porciuncula entregou seu cargo no Governo Federal juntamente com os demais indicados por Bolsonaro, como Mário Frias e Tarcísio de Freitas, que concorrem por São Paulo.

Mas a atitude desesperada do Deputado baiano não é um fato isolado, infelizmente muitos eleitores denunciam que pré-candidatos estão usando vídeos antigos para enganar a população e fazer parecer que são os escolhidos pelo Presidente Bolsonaro, mesmo já tendo perdido (ou sem nunca ter tido) o apoio do Presidente.

Alden é apenas um caso recente, mas essas ações constrangedoras se espalham pelo Brasil e demonstram a importância de Bolsonaro junto ao eleitorado.

Porém, nem Bolsonaro e nem o povo esquecem das Joices, Daianes, Frotas e outros que se elegeram com os votos Bolsonaristas e depois votaram em pautas da esquerda.

O Brasil despertou e está atento aos verdadeiros indicados de Bolsonaro para compor o Congresso e votarem em pautas genuinamente conservadoras.

Felizmente as redes sociais possibilitam que os oportunistas sejam identificados.

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar