A traição e seus efeitos

A dor da traição pode levar a uma morte lenta de sentimento. Conhecemos a traição entre sócios de negócios, a traição da palavra quebrada e, principalmente, a mais corriqueira de todas as ‘traição’ nas relações afetivas e, intimamente ligada a esta, a ‘traição’ de não cumprir as expectativas alheias.

Não dá pra negar, a traição destrói. E sem força para juntar os caquinhos do coração partido, muita gente cai numa fossa sem fim, numa depressão cinza. Mas tem gente que transforma a raiva em energia para elaborar as piores vinganças contra aquele que deixou tudo em pedaços. 

No mundo das celebridades, trair é algo que parece natural. Nomes como Jude Law Woody Alen, Mick Jagger, Hugh Grant, Brad Pitt, e o mais comentado de todos, o caso que envolveu o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, que teve um escandaloso caso com sua estagiária, Mônica Lewinsky, dentre outros nomes, fazem parte desta triste realidade que deixa sequelas na existência de qualquer mortal.

Não precisa ser um astro ou estrela do cinema, para entender os males da traição.

Quem não se lembra de Judas Iscariotes,

Joaquim Silvério dos Reis, Marcus Brutus, filho adotivo de Julio Cesar, Calabar e outros tantos que enlamearam a história com suas vidas e atitudes desprovidas de ética e respeito ao outro e a si mesmos?

Um costume tribal amplamente aceito entre o povo sawi, uma tribo em Irian Jaya na Indonésia, consistia na adoção da traição e o engano como um alto valor para o povo.

Eles podiam aparentar amizade com as tribos vizinhas durante meses, fazendo se sentirem seguros para então cair cruel e repentinamente sobre eles. Chamavam isso de “cevar com amizade para a matança”.

Quem trai, trai a si próprio. Assim como qualquer ação que praticamos, sempre atingimos a nós mesmos, antes de atingir o outro. E cedo ou tarde, somos obrigados a encarar essa dolorosa verdade.

Pio Barbosa Neto

Professor, escritor, poeta, roteirista

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários