Iminente cassação da chapa Dilma/Temer revela o favorito para eleição indireta em 2017

Neste feriado de 12 de outubro, Michel Temer recebeu no Palácio do Jaburu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ministro Gilmar Mendes, atual mandatário do Tribunal Superior Eleitoral. A imprensa foi o sapo da vez, comprando (e revendendo!) o release oficial de que o objetivo da reunião foi discutir a Economia do Brasil. Conversa fiada... fiadíssima!


Gilmar Mendes está sofrendo pressões diárias para acelerar o julgamento dos processos contra a chapa Dilma-Temer no TSE pelas fraudes explícitas nas Eleições 2014. Hoje, provavelmente, o ministro comunicou a Michel Temer que o julgamento será realizado entre março e abril de 2017 e que, diante do conjunto probatório reunido até aqui, dificilmente ele não terá o mandato presidencial cassado.

Ato contínuo, nos termos do Art. 81 da Constituição, o novo presidente da República será eleito indiretamente pelo Congresso Nacional no prazo máximo de 90 dias. Aliás, esta é a grande aposta de Renan Calheiros, pois elevaria (e muito!) o poder de barganha de deputados e senadores encrencados na Justiça.

Agora, a pergunta mais óbvia: quem você acha que as costuras palacianas apontam, desde já, como franco favorito no escrutínio parlamentar que elegerá o novo presidente do Brasil? Ele mesmo: FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.

A imprensa pulou no rumo errado!

Viva a #BananeiraJeitinho!

Helder Caldeira

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política