Candidatos atacados pelo crime em Porto Alegre, uma cidade sem lei (veja vídeo)

A onda de violência em Porto Alegre (RS) atingiu níveis intoleráveis e inimagináveis.


A capital gaúcha é hoje uma cidade entregue a bandidagem, onde os criminosos desafiam a polícia e a sociedade todos os dias.

Em plena disputa eleitoral do 2º turno, os comitês dos dois candidatos, Nelson Marchezan e Sebastião Melo foram atacados na madrugada desta segunda-feira.

No comitê da campanha do deputado Nelson Marchezan Jr (PSDB), houve dois ataques, com inúmeros tiros. As pessoas que estavam no local tiveram que se jogar no chão para escapar dos disparos. Um vídeo efetuado pelas câmeras de segurança do local mostra o momento do ataque.

No comitê do outro candidato, Sebastião Melo (PMDB), um dos coordenadores da campanha, Plinio Zalewski foi encontrado morto.

O vereador eleito Wambert Di Lorenzo (PROS), amigo da vítima, disse que Zalewski ‘teve suas redes e e-mails invadidos, recebeu ameaças e sofreu forte pressão’.

Os fatos são lamentáveis, extremamente preocupantes e absolutamente inaceitáveis.

Porto Alegre vive clima de terror.

Edmundo Zanatta

Veja abaixo o vídeo com o ataque ao comitê de Nelson Marchezan:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política