‘Não interpreto mau-caráter’, diz sobre Moro o ator que interpretou Pablo Escobar

Por opiniões como essa do ator Wagner Moura é possível de se entender a cabeça de um militante petista. O cidadão só enxerga numa única direção e consegue assim ver Lula realmente como ‘o homem mais honesto do Brasil’.


Ora, o ator considera Pablo Escobar um bom caráter. Um narcotraficante que conquistou fama mundial como ‘o senhor da droga colombiano’, tornando-se um dos homens mais ricos do mundo graças ao tráfico de cocaína nos Estados Unidos e outros países. Escobar é considerado o mais brutal, impiedoso, ambicioso e poderoso traficante da história.

Moura interpretando Pablo Escobar
Moura interpretando Pablo Escobar


Wagner Moura que, segundo ele, só interpreta ‘bom caráter’ ganhou o ‘Globo de Ouro’ por seu desempenho no papel de ‘senhor da droga’ e, certamente, considera Escobar um bom caráter.

Entretanto, sobre uma figura da estatura moral do juiz Sérgio Moro, que ganhou notoriedade internacional por comandar a maior Operação contra corrupção e lavagem de dinheiro de toda a nossa história, o ‘debilóide’ tem a ousadia de dizer ‘não interpreto mau caráter’.

Numa magnífica carta aberta ao ator Wagner Moura, publicada aqui no Jornal da Cidade’(veja aqui) em abril, a economista Renata Barreto definiu bem essa situação: 

‘No seu filme de maior sucesso, o Tropa de Elite, me lembro de quando há uma passagem em que Capitão Nascimento entrega uma granada ao "05" que havia dormido durante uma explicação:

- Senhor Zero Cinco!
- Sim, senhor!
- Tenha a bondade... (e lhe entrega a granada destravada). Senhor zero-cinco, se o senhor deixar essa granada cair, o senhor vai explodir o turno inteiro! O senhor vai explodir seus colegas, o senhor vai explodir meus auxiliares, o senhor vai me explodir! O senhor vai dormir seu zero-cinco?
- Não, senhor!
- Estamos todos confiando no senhor! 
Essa passagem me faz lembrar da situação atual do Brasil, só que dessa vez, quem está dormindo é você, a granada é o Brasil e o Capitão Nascimento às avessas é o governo do PT. A granada está na sua mão, junto com a de vários outros artistas e defensores da "democracia", ao dizer que manobra prevista em constituição é um golpe na tentativa revanchista de antecipar 2018.’


Wagner Moura, esse ator, continua dormindo e andando ‘bêbado’ na contramão, xinga a todos, imaginando que só ele está certo, que Lula é honesto, Pablo Escobar é um bom caráter e Moro é o mau-caráter.

Quanta insanidade!

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

Nota da Redação:

O artigo é opinativo. O Jornal da Cidade é plural, não castra a opinião de nenhum de seus articulistas e jornalistas.

Obviamente que os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal.

José Tolentino - Editor do Jornal da Cidade Online

da Redação

Comentários

Mais em Opinião