Petistas, sem argumentos, agora dizem que prisão de Cunha foi combinada

Os petistas são figuras de uma incoerência desmedida.


Agem de acordo com a conveniência e pensam de acordo com a situação. É impressionante a despreocupação com a nação e com o povo.

Há poucos dias tentaram bloquear os recursos do FIES, o programa criado pelo próprio PT, com o único objetivo de prejudicar o atual governo, sem nenhuma preocupação com os estudantes que estavam na dependência desses recursos para prosseguirem em seus estudos.

Por outro lado, bradavam que a ‘Lava Jato’ só prendia petistas. O que não é verdade, mas, de qualquer forma, questionavam o fato de que Moro não prendia Cunha, ignorando que o deputado tinha 'foro privilegiado’. O negócio era criticar...

Com a cassação, Cunha perdeu o foro especial e o processo chegou às mãos do juiz Sérgio Moro.

Nesta quarta-feira (19), Moro, não só decretou a prisão, como determinou o bloqueio de R$ 220,6 milhões nas contas do ex-deputado.

Demonstração inequívoca da seriedade do magistrado, imparcialidade e preocupação com a nação.

Blogs e militantes petistas, antevendo que a hora de Lula está chegando, agora dizem que a prisão de Cunha foi combinada.

Quanta insanidade!

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Opinião