desktop_cabecalho

Sergipe, governado por apoiador do ex-presidiário petista, cancela o desfile Cívico militar de 7 de setembro

Ler na área do assinante

Depois de 2 anos sem o tradicional desfile cívico militar por conta da pandemia, o sergipano aguardava ansioso o retorno desse tradicional desfile para este ano de 2022.

Há décadas o desfile era realizado na avenida Barão de Maruin, região central da capital Aracaju. Esta avenida por sua amplitude, proporcionava um desfile seguro e belo para as escolas, bem como segurança para a população que se deslocava dos bairros.

A avenida Barão de Maruim também proporcionava um desfile de grandes proporções das forças militares e forças policiais.

Era possível um belo desfile das tropas a pé, bem como o desfile de viaturas policiais e militares, viaturas dos bombeiros e o tradicional desfile montado da polícia militar.

Inexplicavelmente este desfile foi cancelado por determinação do governo do estado logo após a convocação do presidente Bolsonaro para que o brasileiro participasse ativamente das comemorações alusivas ao 7 de setembro, em especial por comemorarmos seu bicentenário este ano.

O fato do governo estadual fazer parte do consórcio nordeste, ser apoiador do ex-presidiário descondenado  e ter acionado o STF para não reduzir o preço dos combustíveis é mera coincidência.

Foto de Henrique Alves da Rocha

Henrique Alves da Rocha

Coronel da Polícia Militar do Estado de Sergipe.

Ler comentários e comentar