Quem diria, presidente do PT sai em defesa de Cunha

Parece incoerente, mas é perfeitamente explicável.


Rui Falcão, o presidente do PT, que, por sinal, ainda está solto, saiu em defesa de Eduardo Cunha nesta quinta-feira (20) numa entrevista em Belo Horizonte (MG).

Disse Falcão: ‘Excesso de prisões só consolida a ideia de que estamos ingressando num estado de exceção. As pessoas devem ter direito à presunção de inocência e ao devido processo legal. E o excesso de prisões, sobretudo as prisões cautelares, com objetivo de obter delações, não preocupam o PT. Devem preocupar todo povo brasileiro. Hoje é o Eduardo Cunha, amanhã pode ser qualquer um de nós’.

Ora, não era o PT que questionava ‘E o Cunha?’.

Rui Falcão, também enrolado na Lava Jato, na realidade está como medo de que os próximos sejam Lula e ele próprio.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política