Teori tem Renan nas mãos

O grande tormento de Renan Calheiros não foi em hipótese alguma, a ação da PF no senado ou a prisão dos policiais legislativos. Renan está pouco se lixando para as pessoas, só pensa nele e nas coisas erradas que sabe fazer com extremo denodo.


Da mesma forma, Renan também não está nem um pouco preocupado com a harmonia entre os poderes, ou outras questões desse tipo. Como disse, Renan só enxerga o próprio umbigo.

A grande preocupação do ‘coronel das Alagoas’, aliás, a grande agonia, se prende ao material que a PF apreendeu com a Polícia do Senado.

Tanto que nas ações propostas contra a Operação Métis, o cerne central da argumentação da defesa é a devolução do material apreendido.

Teori suspendeu a operação. Não a anulou. Tudo o que foi apreendido ficará à disposição do STF, nada foi devolvido.

E, caso o material apreendido seja periciado, certamente irá demonstrar que a polícia de Renan possuía aparelhos para grampear quem bem entendesse, outros senadores e demais autoridades, e um verdadeiro arsenal para operações de contrainteligência.

Assim, o martírio de Renan persiste, só mudou de mãos.

É uma verdadeira jogatina de ‘cobra engolindo cobra’ e ninguém preocupado com o Brasil.

Gonçalo Mendes Neto

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

Abaixo, o vídeo na mesma linha, com o comentário da jornalista Vera Magalhães

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça