Lava Jato, todo mundo junto e misturado e o ceticismo de um petista

A cada dia novas descobertas, novas revelações e novos implicados dos mais diversos partidos políticos.


A maior operação contra a corrupção da história vai demonstrando que não é anti-petista, que não é parcial, que é apartidária e que, verdadeiramente, é contra a corrupção, é contra o descalabro com o dinheiro público que fulminou o país.

No mesmo balaio das investigações estão sendo colocados políticos do PT, PSDB, PMDB, PP e de outros partidos menores.

Entretanto, o ceticismo petista ainda me impressiona.

Ouvindo atentamente a opinião de um graduado militante, daqueles que acreditam com ardor que Lula é a alma viva mais honesta do Brasil, questionado sobre a investida notadamente apartidária da Lava Jato, na sua visão míope, esta atuação imparcial só agora se iniciou, antes era tão-somente anti-petista. Veja as palavras desse voraz militante e pensador: “estão agora pegando todo mundo para fazer um ‘acordão’ e tudo se transformar numa grande pizza”.   

Foi quando percebi que esta é a esperança do insólito pensador petista.

Diferentemente da grande massa de brasileiros que foi às ruas contra a corrupção, os petistas, guiados por seus pensadores e abomináveis líderes, torcem ardentemente para que com a chegada da Lava Jato em ‘bandidos’ de outros partidos, todos se unam e tenham forças suficientes para pôr panos quentes e acabar com tudo.

Assim, cada qual a seu estilo, impunes, possam prosseguir roubando o povo brasileiro, pois o que vale mesmo é o poder.

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política