Falso médico dá golpe de quase 10 mil reais em cantor Mariano

O golpe no cantor Mariano fez vir à tona algo que está se tornando comum nos hospitais particulares das principais cidades do país.

A ação de uma quadrilha especializada na extorsão financeira de pacientes internados.

É o chamado 'golpe do medicamento'.

De telefones não rastreáveis, um membro da quadrilha liga para a família ou para alguém ligado ao paciente, inventa uma história sobre a necessidade de algum medicamento e pede a urgência do depósito na conta de um suposto médico.

No caso do cantor, ligaram para o programa ‘Caldeirão do Huck’, dizendo que Mariano tinha adquirido uma leucemia viral, necessitando com urgência de uma medicação que o plano de saúde não cobria.

O produtor de Luciano Huck forneceu então o telefone do empresário do cantor e este, tão logo recebeu a ligação, efetuou o depósito solicitado pelos golpistas, no valor de R$ 9,8 mil, na conta de um (falso) médico, o ‘doutor’ Paulo Castro.

Quando a trama foi descoberta, a grana já havia sido sacada e a conta estava zerada.

da Redação

da Redação

Comentários