Insaciável, Gleisi era a ‘Coxa’ da lista da Odebrecht e levou meio milhão de reais

Gleisi mais uma vez tem o seu nome ligado à prática de corrupção


O ministro Teori Zavascki, atendendo pedido do Ministério Público Federal, já determinou a abertura de mais um inquérito que a apura o cometimento dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência, por parte da senadora Gleisi Hoffmann.

Sobre a petista paira a suspeição de ter recebido meio milhão de reais em caixa dois da Odebrecht durante as eleições de 2014.

O codinome de Gleisi, segundo dedução dos investigadores, era ‘Coxa’.

Os valores teriam chegado às mãos de Gleisi por intermédio de seu chefe de gabinete, Leones Dall’agnol.

Já pesa em relação à ‘Coxa’, o recebimento de um milhão de reais em propina de contratos da diretoria de abastecimento da Petrobras, para a sua campanha eleitoral ao Senado em 2010.

A senadora é verdadeiramente extremamente voluptuosa.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política