Lula chora e diz que é vítima de ‘pacto diabólico’

Durante o lançamento da campanha ‘Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula’, o ex-presidente partiu para o ataque contra a força-tarefa da Operação Lava Jato.


Lula bradou ‘sou vítima de um pacto diabólico’. Segundo ele, o objetivo é destruir sua reputação e o projeto de país implementado em seus oito anos de governo.

“Eu penso que eles cometeram um pequeno erro. É que eles mexeram com a pessoa errada. Eu não tenho nenhuma preocupação de prestar contas à Justiça brasileira. O que eu tenho preocupação é quando eu vejo um pacto quase diabólico entre a mídia, a polícia federal, o ministério público e o juiz que está apurando todo esse processo”, disse o petista.

Lula acusou a Lava Jato de mentir para a população.

O evento aconteceu no auditório da Casa de Portugal, em São Paulo.

Inumeros políticos, artistas e intelectuais participaram. Entre eles Gilberto Gil, Joana Maranhão, Raduan Nassar, Antonio Candido, Guilherme Boulos, Beth Carvalho, dom Angélico Sandalo, Claudio Fonteles, Daniel Filho, Frei Betto, Fernanda Takai, Flávio Dino, Gregório Duvivier, Leonardo Boff, José Trajano, Osmar Prado e Paulo Betti.

Um grande ato está programado para o dia 27 de novembro na Avenida Paulista.

Lula prometeu ‘lutar até o fim’ para provar sua inocência.

É verdadeiramente o cúmulo da ‘cara de pau’.

Amanda Acosta

redação@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política