Movimentos populares e ativistas políticos convocam população para terça-feira (29) marcar presença no Congresso

A reação contra o golpe que o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia, e demais comparsas, articulam contra o povo brasileiro, está em andamento e promete uma semana bastante movimentada em Brasília.


Movimentos populares e ativistas políticos estão convocando a população para um grande ato popular na terça-feira (29) em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, nova data marcada para a votação do projeto de lei das 10 medidas contra a corrupção.

A intenção de Maia e demais deputados é incluir no texto uma emenda anistiando o caixa dois.

A emenda
A emenda
Caso seja aprovada representará a completa desmoralização da República. Um golpe fulminante contra o povo brasileiro.

Com a tal anistia, todos os processos que estiverem em andamento serão extintos.

Criminosos já condenados também serão beneficiados, caso do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Um absurdo, que o povo não irá permitir.

Uma grande vitória já foi alcançada. Nesta sexta-feira (25), o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), em vídeo postado no canal Youtube, disse que foi autorizado pelo presidente Michel Temer a divulgar para todo o Brasil que ‘caso o Congresso Nacional venha a aprovar qualquer tipo de anistia, não só o caixa dois, mas qualquer outro crime, o presidente Temer vetará imediatamente’ (veja aqui).

O próprio Rodrigo Maia, percebendo o repúdio popular, já expressou em entrevista um evidente recuo, alegando que o que a Câmara vai fazer é ‘tipificar’ o crime de caixa dois. Pura balela! O projeto de lei das 10 medidas contra a corrupção tem que ser aprovado na íntegra, sem emendas.

A sociedade deve permanecer mobilizada. Chegamos ao grande embate e a bandidagem tenta alguma tramoia a todo instante.

#SomostodosLavaJato

Gonçalo Mendes Neto

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política