Calero gravar Michel é legitimo e ponto final

Interessante observar como algumas pessoas estão caindo na armadilha ideológica de condenar gravações contra autoridades, sejam elas quem forem, no exercício de suas funções públicas.


Tal prática deveria ser uma rotina, deveria ser obrigatória e não uma exceção. Aliás, a publicidade é instrumento basilar do Estado democrático de Direito.

Convenhamos, quem teme ser gravado é porque pretende esconder o que está fazendo ou como está atuando.

Aquele que age com ética, com lisura, dentro dos limites da lei, da moralidade, da impessoalidade e da probidade, não teme ser gravado no exercício de suas funções.

Fique claro: não existe PRIVACIDADE na ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. 

Helder Caldeira

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Opinião