O campeão da preguiça no STF

A lentidão do Supremo Tribunal Federal (STF) é um verdadeiro absurdo, principalmente levando-se em conta a estrutura que cada ministro detém.

Se a atuação coletiva do STF for comparada à atuação individual do juiz Sérgio Moro, no âmbito da Operação Lava Jato, a diferença é gritante, absurda e inexplicável.

No interregno de tempo entre agosto de 2014 e junho de 2016, Sérgio Moro proferiu 105 condenações, que juntas, somam 1.140 anos, 9 meses e 11 dias de prisão. No STF, ninguém foi condenado.

De qualquer forma, mesmo nesse ambiente catastrófico, sobressai-se um campeão, o ministro mais preguiçoso.

Trata-se do ministro Marco Aurélio Mello, que em seu gabinete acumula 1.426 habeas corpus aguardando julgamento, quase 50% do total da Corte, que atinge 3.298 HCs.

O segundo colocado é Luiz Fux, que tem 291 HCs sob sua responsabilidade.

Marco Aurélio é imbatível!

da Redação

da Redação

Comentários