Começou a temporada de derrotas para Renan Calheiros (veja o vídeo)

O maior vilão da República não mais terá vida fácil.


Nesta quarta-feira (30), Renan Calheiros teve uma clara demonstração da derrocada de sua liderança no Senador Federal.

No embalo da ‘comoção nacional’ tentou votar um requerimento de urgência urgentíssima do projeto de lei que trata das ‘medidas contra a corrupção’, em sua forma desfigurada, como veio da Câmara, encaminhado pelo seu atual ‘parceiro mor’, Rodrigo Maia.

Surpreendeu a todos, pois o texto nem mesmo constava no sistema do Senado. Pela liturgia da casa, dois representantes dos partidos que apresentaram o requerimento - PMDB, PTC e PSD - deveriam defendê-lo na tribuna. Nenhum senador dos três partidos quis falar. Algo realmente inusitado.

Renan, a despeito dos protestos de vários senadores, a toque de caixa colocou em votação.

A derrota foi fragorosa: 44 votos contrários e 14 favoráveis.

Em contrapartida, ainda neste mês de dezembro, o senador alagoano fatalmente vai se tornar réu no STF.

Paralelamente, daqui há alguns dias, logo no início do próximo ano, com o fim de seu mandato como presidente do Senado, o seu poder de fogo vai ser essencialmente reduzido.

Que ele espere o pior. A sociedade espera...

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política