Emílio e Marcelo assinam acordo e a certeza é de revelações efervescentes

Finalmente o tão esperado acordo de delação premiada do Grupo Odebrecht foi assinado.


Pai e filho, Emílio e Marcelo, assinaram a delação e o acordo de leniência da empresa.

A Odebrecht, por ter se envolvido na prática de corrupção, terá que pagar cerca de R$ 6,8 bilhões, a título de indenização.

Em nota, o grupo empresarial admitiu o erro, pediu desculpas, prometeu ‘virar a página’ e informou que a partir de agora vai combater e não vai tolerar qualquer forma de corrupção, incluindo extorsão e suborno.

Marcelo Odebrecht deverá permanecer preso até o fim de 2017, totalizando dois anos e meio de prisão.

Além da dupla, 77 executivos da Odebrecht começaram a assinar seus acordos de delação.

Revelações escandalosas irão acontecer e irão demonstrar que a classe política brasileira tem como base a corrupção, é sem limites e sem escrúpulos.

Um novo Brasil, com novos nomes, será iniciado.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades