A incompreensível lentidão de Teori Zavascki

Observe o detalhe: os mandados de busca e apreensão expedidos por Teori Zavascki no âmbito da Operação Lava Jato contra um ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e um ex-presidente da Câmara dos Deputados referem-se às investigações acerca da delação premiada de Delcídio do Amaral, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 15 de março de 2016. Ou seja, lá se vão nove meses, desde a denúncia e as investigações em Brasília, ainda estão tentando instruir as ações.


Uma morosidade inaceitável diante das circunstâncias. Aliás, atente-se a outro detalhe: os dois únicos movimentos do ministro Teori Zavascki nos últimos dois anos foram exatamente na direção do ex-senador Delcídio do Amaral? É curioso, para dizer o mínimo.

Imagine quando homologadas as 77 delações da Odebrecht... Nessa toada, o Brasil terá respostas efetivas em 2053.

Helder Caldeira

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça