‘Lula tinha o controle supremo da corrupção na Petrobras’, reforça a nova denúncia

A nova denúncia apresentada contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá a exata noção do que o espera.


Cada processo que Lula enfrentar na ‘República de Curitiba’ será uma ‘continuação’ do anterior no sentido de demonstrar que ele ‘agiu para a instituição e a manutenção do esquema criminoso, além de ter sido o agente que dele mais se beneficiou’.

Um dos itens da denúncia é exclusivamente dedicado a esta questão e recebeu a denominação de ‘A ação criminosa de Lula’, onde enumeram os três objetivos do ex-presidente: ‘(a) governabilidade assentada em bases espúrias; (b) fortalecimento de seu partido – PT –, pela formação de uma reserva monetária ilícita para abastecer futuras campanhas, consolidando um projeto, também ilícito, de perpetuação no poder; (c) enriquecimento com valores oriundos de crimes’.

É ponto pacífico o entendimento de que o conjunto de provas é extremamente robusto, com farto material comprobatório da nefasta atuação de Lula no esquema criminoso.

da Redaçao

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política