O maior ‘laranja’ de Cabral pode ser o próprio filho

A Polícia Federal tem se preocupado em rastrear o patrimônio de pessoas notadamente próximas ao ex-governador Sérgio Cabral Filho.

O lastro de corrupção e falcatruas deixado é muito grande e o dinheiro roubado foi aplicado em diversas frentes.

É certo que o casal Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo adquiriu enorme patrimônio e colocou em nome de terceiros.

Existe uma fundada desconfiança de que o deputado Marco Antônio Neves Cabral, filho do ex-governador, seja proprietário de inúmeros imóveis no Rio de Janeiro, em Angra, Búzios e no exterior.

Em se confirmando tal possibilidade, o jovem parlamentar - atualmente secretário de estado no governo Pezão - poderá ter sérias complicações judiciais, o que porá fim a sua claudicante carreira política.

O rapaz, eleito deputado federal em 2014, com apenas 23 anos de idade, recebeu neste mesmo ano, a mais importante comenda do estado do Rio, a medalha Tiradentes, entregue normalmente a pessoas que tenham prestado ‘relevantes serviços à causa pública’.

Cabral, Marco Antonio, Paes e Pampolha
Cabral, Marco Antonio, Paes e Pampolha

Outros homenageados com a honraria foram o Papa João Paulo II, Betinho e Chico Mendes.

A ideia de homenagear Marco Antônio foi do deputado estadual Thiago Pampolha (PDT), que afirmou o seguinte numa rede social: ‘A forma como (Marco Antonio) vem construindo sua trajetória política, seus valores, sua ética e competência são uma inspiração e exemplo para todos nós’.

O detalhe mais sórdido é que justamente Pampolha foi o relator da fiscalização de obras do Maracanã, dentro da Comissão de Obras Públicas da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Tudo junto e misturado...

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política