TCE

Bombeiro de Cabral pode ser preso a qualquer momento

O juiz federal Marcelo Bretas deve decidir nas próximas horas se decreta a prisão preventiva do bombeiro Pedro Ramos de Miranda, ex-assessor do ex-governador Sérgio Cabral Filho.

Miranda também é réu na Justiça Federal do Rio por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e pertinência a organização criminosa.

Ele funcionava como um verdadeiro ‘faz tudo’ de Cabral.

Na Operação Calicute, o bombeiro foi conduzido coercitivamente pela Polícia Federal para prestar depoimento, porém, em função de suas atividades subalternas na Orcrim, optou-se naquele momento em não pedir a prisão.

Porém, o MP acaba de descobrir que o ‘faz tudo’ de Cabral, quando de seu depoimento, declinou um endereço antigo, de onde mudou-se há mais de uma ano.

A conclusão dos investigadores, é de que há indícios de ‘fuga ou cometimento de outros crimes, interferindo diretamente na instrução criminal’.

Deverá ir fazer companhia para o chefe.

da Redação

da Redação

Comentários