PT vai tentar driblar a Justiça com lançamento de candidatura de Lula, logo no início do ano

A estratégia petista veio à tona na manhã deste sábado (24).


O partido quer se aproveitar do recesso do Judiciário, que deve perdurar durante o mês de janeiro, para lançar logo no início do ano a candidatura presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Assim, o partido se antecipa a eventuais condenações que advirão durante o ano de 2017.

Evidente que com isso não conseguirá impedir que Lula, uma vez condenado, fique inelegível, mas imaginam os líderes petistas que reforçarão a tese da defesa de perseguição política, visando impedir a ida de Lula às urnas em 2018.

O PT vai partir para o tudo ou nada, acreditando que se Lula for candidato, será o grande beneficiado com a baixa popularidade de Michel Temer e conseguirá vencer o próximo pleito.

Em contrapartida, a Lava Jato fatalmente vai aterrorizar a vida do ex-presidente, assim como a Justiça americana, onde se vislumbra a decretação da prisão de Lula brevemente, haja vista tudo o que foi apurado no escândalo da Petrobras.

Também não está fora de cogitação uma eventual decretação da prisão de Lula aqui no Brasil pela Operação Lava Jato ou pela Zelotes.

2017 será certamente um ano de fortes emoções.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política