Senadores do PMDB já fogem de Renan e o atacam pelas costas

‘Rei morto, rei posto’. Assim foi com Eduardo Cunha, assim será com Renan Calheiros.


A pretensão perseguida pelo alagoano era deixar a presidência do senado e assumir a liderança do PMDB, para assim conservar poder e ter condições de barganha.

Entretanto, no PMDB, ninguém mais quer Renan. Por mais bandido que seja, ninguém quer um bandido carimbado como líder.

Renan réu e líder, parece inviável e impossível.

Assim, diuturnamente, os senadores peemedebistas buscam através da imprensa torpedear a candidatura do ‘senadoreco’.

E, efetivamente, Renan caminha para se tornar um mero ‘senadoreco’, sem poder, sem liderança, sem lenço e sem documento.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política