Forças Armadas irão para dentro dos presídios para acabar com ‘negociação’ com a bandidagem

Agentes militares das Forças Armadas farão inspeções rotineiras em busca de materiais proibidos nos presídios.


É a decisão do presidente Michel Temer, reconhecendo que a crise carcerária atingiu o seu limite.

A notícia foi dada na tarde desta terça-feira (17) pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola.

Os governadores de cada estado devem solicitar a intervenção federal ao Ministério da Defesa.

As Forças Armadas deverão entrar de surpresa nos presídios para resolver o problema, recuperando o controle da situação e retirando armas, drogas e celulares.

Uma outra decisão do governo, também noticiada nesta terça-feira, trata-se da criação de uma comissão nacional para reforma do sistema prisional.

A tal comissão será composta por integrantes dos poderes Legislativo e Judiciário e da sociedade civil.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça