Foi crime!

Todos ainda tem medo ou receio de falar e a grande maioria prefere aguardar as tais investigações, mas já existe um silencioso consenso, que envolve os próprios investigadores, técnicos, pilotos e a opinião pública, de que foi ‘crime’. Mataram o ministro Teori Albino Zavascki.


A delação da Odebrecht parece ter sido o fator motivador para o cometimento do atentado. O ministro iria homologá-la nos próximos dias.

Teori certamente morreu, não pelo que já fez no curso da Operação Lava Jato, mas sim, pelo que iria fazer ainda neste mês de janeiro, ou seja homologar e dar conhecimento público a todos os termos da ‘delação do fim do mundo’.

A lista da Odebrecht tinha nomes de diversos partidos. Segundo se ventila, 56 do PT, 48 do PMDB, 42 do PSDB, além de outros nomes dos demais partidos políticos.

Urge que a sociedade, a opinião pública, os movimentos sociais e todos os brasileiros de bem exijam a imediata divulgação da ‘delação do fim do mundo’, para que o crime seja esclarecido e, fundamentalmente, a Lava Jato não perca o foco e não diminua o seu ritmo.

Os criminosos tentaram com o atentado impedir ou procrastinar o andamento normal do processo.

Somente com o conhecimento de todos os termos da delação, saberemos quem tinha reais motivos e razões para pôr fim a vida do relator.

Gonçalo Mendes Neto

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Comentários

Mais em Variedades