Família de Cabral em peso a caminho do ‘xilindró’

Nova operação da Polícia Federal, deflagrada nesta quinta-feira (26) cumpre  mandados de prisão e de condução coercitiva contra pessoas ligadas ao esquema criminoso montado pelo ex-governador Sérgio Cabral Filho, incluindo alguns familiares.


Desta feita, o irmão e a ex-mulher do ex-governador estão sendo alvos de condução coercitiva. Maurício de Oliveira Cabral Santos e Suzana Neves parecem terem sido beneficiários do esquema de corrupção. A ex-mulher é mãe do deputado federal Marco Antônio Neves Cabral. Ambos - Maurício e Suzana - como aconteceu com a ex-primeira dama Adriana Ancelmo, poderão brevemente ter a prisão decretada pelo juiz federal Marcelo Bretas, o 'Moro' do Rio de Janeiro.

O filho mais velho de Cabral tem foro privilegiado.

De quebra, para complicar ainda mais sua situação pessoal, ele próprio teve decretado o seu terceiro mandado de prisão. Na mesma condição estão os seus parceiros Wilson Carlos e Carlos Miranda, ambos ex-auxiliares na devastadora e melancólica gestão.

Outros que tiveram a prisão decretada, foram o ex-bilionário Eike Batista e o vice-presidente de futebol do Flamengo Flavio Godinho.

A PF cumpre ainda mandados de busca e apreensão em cerca 40 endereços. 

Inúmeras empresas supostamente envolvidas no esquema estão sendo vasculhadas. Veja a lista:

- Hoya Corretora de Valores e Câmbio Ltda

- Canhoeta Negócios Corporativos

- Seven Lab Informática Ltda

- Boa da Noite Informática

- SCA Eventos e Consultoria Ltda

- Apoio Consultoria e Planejamento Ltda

- Havana Administradora e Corretora de Seguros Ltda.

- Unirio Assessoria Administração e Corretora de Seguros Ltda

- Corcovado Comunicação Ltda

- Américas Copacabana Hotel Ltda

- Carolina Massiere Confecções e Assessórios de Moda Ltda

- Estalo Comunicação

- JPMC Academia de Ginástica Ltda

- MCS Comunicação Integradas S/C Ltda

- Araras Empreendimentos Consultoria e Serviços Ltda

- Minas Gerais Projetos e Empreendimentos Ltda 

A Operação denominada Eficiência, mais um desdobramento da Lava Jato, cumpre no total nove mandados de prisão preventiva, quatro conduções coercitivas e quarenta mandados de busca e apreensão. 

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça