Eike, o parceiro de Cabral, Dilma e Lula, propinas e fuga

Eike Batista está numa situação terrível. Ou se entrega e, por falta do diploma de curso superior, irá passar por momentos que qualquer um gostaria de evitar. Ou, conhecido internacionalmente, terá que se esconder muito bem escondido, abrindo mão do que mais gostou de fazer a vida inteira: aparecer.


Não é pela raiva dos investitrouxas que se deixaram seduzir por seus dotes de convencimento. Esses merecem os prejuízos que amargaram. Eu, modéstia à parte, sempre alertei meus amigos que empresas X eram uma fria.

É pela raiva de um país que foi sistematicamente saqueado por um esquema de poder "popular", esquema em que Eike era um dos melhores amigos do rei. De dois reis pretéritos: o do Brasil e o do Rio.

Lula e Eike, embarcando no jatinho do empresário
Lula e Eike, embarcando no jatinho do empresário


Por isso, me parece justo que Eike esteja numa situação tão ruim.

Aurélio Schommer

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Variedades