Dória frustra sindicatos petistas, remaneja verbas e vai pagar integralmente os professores

Por absoluto erro de planejamento orçamentário, herdado da gestão do ex-prefeito Fernando Haddad, a cidade de São Paulo quase fica sem recursos para pagar os professores.

Na realidade, o orçamento aprovado para 2017, não contemplou o reajuste de salário dado por Haddad em 2016, nem a substituição de professores que estão se aposentando.

Sindicatos já estavam se organizando para mobilizações contra Dória. Panfletos e faixas já teriam inclusive sido confeccionados.

Pelo visto, os sindicatos vão ficar no prejuízo e o material publicitário vai para o ‘encalhe’.

Atento, o prefeito rapidamente elaborou um decreto de credito suplementar e remanejou verbas de obras, direcionando para a educação.

Assim, conseguirá pagar integralmente e sem problemas o salário dos professores.

O remanejamento de Dória, já publicado no Diário Oficial do município, é da ordem de R$ 438,8 milhões, o tamanho do buraco herdado e já corrigido para frustração dos sindicatos.

Amanda Acosta

redação@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Comentários