Adriana Ancelmo, fatigada na prisão, ameaça membros do Judiciário

A presidiária Adriana Ancelmo, advogada que pela força do dinheiro e do poder galgou alto nível de relacionamento e influência, desesperada, parece ter partido para um cenário de blefes e ameaças.


Segundo Monica Bergamo da Folha de S. Paulo, ‘Os emissários de Adriana Ancelmo, mulher de Sergio Cabral, que procuraram advogados para orientá-la numa eventual delação premiada, dizem que ela tem um trunfo na manga: o Judiciário, e não apenas do Rio. Como advogada e mulher de Cabral, ela acompanhou indicações de magistrados e conheceria o relacionamento de alguns deles com o setor empresarial’.

Tal fato, sem dúvida, é verdadeiro. Adriana também influenciou em indicações e, por isso mesmo, já deve ter ‘negociado’ com inúmeros magistrados.

O problema é que o ‘rabo’ da ex-primeira dama é terrivelmente enorme, o que lhe atravanca sobremaneira a mobilidade.

De qualquer forma, resta torcer para que ela resolva falar e detonar a imundície que se transformou o Rio durante o governo de seu dileto esposo.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política