Marqueteiro de Lula e Dilma e a esposa recebem a 1ª condenação

João Santana e a esposa Mônica Moura foram condenados pelo juiz Sérgio Moro a oito anos e quatro meses de prisão pelo cometimento do crime de lavagem de dinheiro. A sentença foi publicada nesta quinta-feira (2).


Além do casal, outros quatro réus também foram condenados. São eles:

- Zwi Skornicki - operador: 15 anos, 6 meses e 20 dias, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, e organização criminosa
João Vaccari Neto - ex-tesoureiro do PT: 10 anos, corrupção passiva
- João Carlos de Medeiros Ferraz - ex-diretor da Sete Brasil: 8 anos e 10 meses, corrupção passiva e organização criminosa
- Eduardo Costa Vaz Musa - ex-gerente da Petrobras: 8 anos e 10 meses, corrupção passiva e organização criminosa.


Na sentença, o magistrado aponta que a ‘afetação da integridade do processo político democrático foi o fato mais reprovável na conduta dos réus’.

‘A lavagem encobriu a utilização de produto de corrupção para remuneração de serviços eleitorais’, afirmou Moro.

Santana e a mulher confessaram o crime que favoreceu diretamente os dois ex-presidentes petistas.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades