Folha de S.Paulo entra descaradamente na campanha de vitimização do PT e de Lula, contra o juiz Moro

O jornal Folha de S.Paulo, outrora um grande jornal, resolveu cerrar fileiras ao lado dos blogueiros petistas e dar a sua cota de colaboração na campanha de vitimização do PT e de Lula, contra o trabalho da Justiça, especialmente do magistrado que comanda a Operação Lava Jato em 1ª instância, na ‘República de Curitiba’.


Um lamentável e desprezível espetáculo que fatalmente dará o tom aos próximos discursos do ex-presidente, que não terá o mínimo constrangimento em utilizar os fatos envolvendo a sua esposa em proveito de seus eventuais projetos políticos e como subterfúgio para se livrar da prisão.

Lula percorrerá o país chorando e lamentando tudo o que de ruim aconteceu para Marisa Letícia e, principalmente, culpando a Lava Jato e os adversários políticos.

Nesse ‘projeto’ a ‘Folha’ já está engajada.

Neste sábado (4), em uma famosa coluna, sem citar de onde obteve a informação, o jornal afirma ‘Marisa Letícia estava comprando um aparelho para medir a pressão em casa. Ela andava preocupada com as oscilações constantes, com picos de alta, que apresentava’. 

Como assim? ‘estava comprando’? Qual a dificuldade de se comprar um aparelho para medir a pressão? Lamentavelmente, fica claro que é o tipo de notícia ‘inventada’, perversa, sem nexo.

Depois na sequência, a colunista da ‘Folha’ diz: ‘Relatos de pessoas próximas da família Lula dizem que a vida da ex-primeira-dama virou uma agonia permanente depois da busca e apreensão na casa dela, dos filhos e da condução coercitiva de Lula, determinada pelo juiz Sergio Moro em março do ano passado’. 

Que relatos? Quais pessoas? A visível intenção do jornal é colocar o juiz na história.

E a ‘Folha’ prossegue: ‘Numa certa ocasião, assustada com um barulho na rua no meio da noite, de acordo com os mesmos relatos, Marisa chegou a cair da cama e a quebrar um dedo’. 

‘Nas conversas com amigas, a ex-primeira-dama repetia sempre os detalhes da operação de busca e apreensão na casa dos filhos, em que até geladeiras foram vasculhadas e os iPads de seus netos, levados embora’.

Por fim, diz o jornal: ‘A tensão de Marisa preocupava Lula, situação que se agravou com o fato de que neste ano ela teria que prestar vários depoimentos à Justiça’.

Ora, quem não deve, não teme...

Quanta canalhice!

O jornal virou panfleto barato com fins inconfessáveis.

Um horror!

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

A matéria da Folha pode ser visualizada NESTE LINK

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Variedades