Nota em que advogados de Lula anunciam extinção de ações contra Marisa poderá render ação indenizatória

Uma nota subscrita pelos advogados Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Martins, Larissa Teixeira e Roberto Teixeira, informa que a morte de Marisa Letícia automaticamente extingue duas ações penais abertas contra ela na Operação Lava Jato.


As ações dizem respeito ao caso do tríplex do Guarujá e de um apartamento localizado no Edifício Hill House, em São Bernardo do Campo, onde a ex-primeira dama enfrentava as acusações de corrupção e lavagem de dinheiro.

Os advogados de Lula não perderam a oportunidade de mais uma vez, alfinetar o juiz Sérgio Moro e os procuradores da Lava Jato, aduzindo o seguinte na tal nota:

‘D. Marisa não poderá, lamentavelmente, ver triunfar o reconhecimento de sua inocência por um juiz imparcial’.

E prosseguem: ‘Foi com muito orgulho que atuamos na defesa de uma pessoa digna e honesta, que foi injustamente perseguida e vítima de falsas acusações’.

E arrematam: ‘A consequência jurídica do falecimento de D. Marisa nesta data será a extinção, em relação a ela das duas ações penais propostas de forma irresponsável pelo Ministério Público Federal’.

A manifestação ofensiva e fora dos autos deverá render ações indenizatórias por danos morais contra os quatro advogados, visivelmente inescrupulosos e aéticos.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça