Empreiteiro avisou que estava sendo extorquido na Petrobras e Lula ignorou (veja o vídeo)

O relato é revelador. O cidadão que não se sujeitou ao esquema de propina na Petrobras, simplesmente teve que fechar as portas de sua empresa com um prejuízo de R$ 65 milhões.


O depoimento foi tomado no dia 9 de dezembro de 2016 e encaminhado em vídeo pela Procuradoria da República em Minas para o juiz Sérgio Moro no dia 1.º de fevereiro.

Geraldo Aurélio Feitosa conseguiu chegar até Lula, através de um amigo em comum – frei Betto – no minuto 9:53 do vídeo ele relata que o ex-presidente o recebeu, foi avisado da ‘extorsão’, ficou ciente dos fatos, mas ignorou.

Abaixo, veja o vídeo.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política