Médico desconhecido pede abertura de processo ético-profissional contra Roberto Kalil Filho

O 'médico desconhecido', hoje o maior algoz do 'idolatrado' cardiologista Roberto Kalil Filho, protocolou no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) petição requerendo abertura de processo ético contra o 'todo poderoso'. Vejam abaixo o inteiro teor do documento.

Ilmo.Sr.Presidente do Conselho Regional de Medicina do 
Estado de São Paulo
Dr. Mauro Gomes Aranha de Lima

Utilizando-se das poderosas ferramentas de comunicação e de expressão do anseio da ‘Sociedade Civil como um todo’, os médicos e não médicos, internautas ou não, assim como eu, MÉDICO DESCONHECIDO vem, pelo presente, rogar a este egrégio Conselho Regional abertura de Processo Ético contra o Dr. ROBERTO KALIL FILHO, CREMESP 52.788, nos termos, dentre outros, do Capítulo XIII, artigo 112 que diz:

Art. 112. Divulgar informação sobre assunto médico de forma sensacionalista, promocional ou de conteúdo inverídico.

No caso em tela, trata-se mais especificamente de grave dano à imagem de profissional que trabalhava no mesmo hospital que o demandado, a saber, a Dra. Gabriela Munhoz, acusada PUBLICAMENTE pelo Dr. Roberto Kalil como responsável pelo VAZAMENTO das imagens tomográficas colhidas por ocasião da internação da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, ex-primeira dama e cônjuge do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Flagrante é a violação de todos os princípios das relações entre médicos, da exposição indevida da Dra. Gabriela, inclusive de suas comunicações privadas por meio eletrônico, em diversos tipos de mídia nacional com irreparável prejuízo de sua imagem e reputação bem como afronta à dignidade de qualquer cidadão.

Ao fazê-lo, Kalil mostrou que lhe faltam a dignidade, a compaixão e a empatia necessárias à prática da Medicina no Brasil e igualou-se ao delinquente petista, fraudador de título de especialista e vergonha da profissão – Alexandre Padilha – um criminoso envolvido com fraude no LABOGEN e responsável pela vergonha chamada Programa Mais Médicos.

De tal ação deverão partir, independentemente deste processo, consequências na área Civil e Penal.

Subscreve atenciosamente,

Médico Desconhecido.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades