Força internacional se une em apoio a Operação Lava Jato

Encontro internacional realizado nesta quinta-feira (16) em Brasília reuniu representantes do Ministério Público de onze países onde a Construtora Odebrecht atuou.

O evento organizado pela Procuradoria-Geral da República do Brasil teve a participação de Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Portugal, Peru, República Dominicana e Venezuela.

Do encontro saiu o documento denominado ‘Declaração de Brasília sobre a cooperação jurídica internacional contra a corrupção’.

A ideia aprovada no encontro consiste em criar ‘equipes conjuntas de investigação, bilaterais ou multilaterais’ para coordenar os trabalhos no Brasil e nos outros países.

A declaração pede ainda ‘aos cidadãos que apoiem suas instituições de perseguição penal nas atuações que são conduzidas contra a corrupção’ em cada um desses países.

A estratégia é realmente fantástica, pois reforça sobremaneira a Lava Jato aos olhos do mundo, tornando-a definitivamente irreversível.

da Redação

da Redação

Comentários