desktop_cabecalho

PT tenta constranger Zanin

Ler na área do assinante

Por ter votado contra a descriminalização do porte de drogas e por ter defendido a rejeição de uma ação que trata sobre violência policial no Mato Grosso do Sul, o ministro Cristiano Zanin, recentemente indicado ao STF por Lula, causou um verdadeiro alvoroço na esquerda.

Diante disso, o PT, sob o comando de Gleisi Hoffmann, resolveu tentar constranger o magistrado.

Em resolução relativa à reunião do Diretório Nacional da legenda, realizada na última segunda-feira (28), o partido manda um recados ao ministro.

O documento, divulgado nesta quarta-feira (30), tem como principal tema as eleições municipais em 2024. No entanto, cita diretrizes para assuntos centrais ao governo, como a votação do Marco Temporal, o novo PAC, políticas afirmativas e o combate ao bolsonarismo. O diretório é composto por cerca de 100 integrantes.

Nos 37 pontos citados no texto, uma mensagem é endereçada a Zanin.

Criticado por setores da esquerda por ter estreado no Supremo Tribunal Federal (STF) com votos considerados conservadores, o ministro recebeu um recado por meio da celebração de resultados de julgamentos na Corte nos quais ele foi voto vencido.

“No momento em que o Supremo Tribunal Federal deve retomar o julgamento do ‘marco temporal’, manifestamos a expectativa de que a Suprema Corte reafirme os direitos dos povos indígenas, como ocorreu em decisões anteriores. Esta expectativa de uma atuação em defesa da civilização é reforçada por recentes decisões e avanços do STF neste sentido. São eles: a equiparação da ofensa contra pessoas LGBTQIA+ ao crime de injúria racial; a abertura de ação sobre a violência contra povos indígenas Guarani-Kaiowa pela Polícia Militar de Mato Grosso do Sul; a manutenção, ainda que parcialmente, do princípio da insignificância e o avanço na descriminalização do porte de cannabis para uso pessoal, passo importante para a mudança na equivocada e letal política de guerra às drogas.”, diz o texto.

Uma pergunta importante:

Você acha que o Jornal da Cidade Online está com muita publicidade?

Se a resposta foi “sim”, com certeza você ainda não é nosso assinante.

Assinando o JCO você tem a opção de receber todo o nosso conteúdo sem nenhuma publicidade.

E assim você terá a possibilidade de uma leitura mais aprazível e estará apoiando o JCO na nossa luta para desmascarar a velha mídia.

Temos excelentes opções para você! Com apenas R$ 11,99 mensais você será nosso soldado na guerra contra a censura e terá acesso aos conteúdos exclusivos da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Outra maneira de apoiar o JCO é comprando o livro "O Fantasma do Alvorada - A Volta à Cena do Crime" que revela assuntos proibidos sobre o "sistema" que domina Brasília. Ele está disponível no nosso parceiro Shopping Conservador:

Basta clicar no link abaixo:

https://shoppingconservador.com.br/o-fantasma-do-alvorada-a-volta-a-cena-do-crime/p

Se quiser, doe qualquer valor pelo pix: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01.

Siga a página do nosso parceiro, Jornal do Agro Online, no Facebook:

https://www.facebook.com/p/Jornal-do-Agro-Online-100090837996028/

Contamos com você nessa batalha cruel!

da Redação Ler comentários e comentar