STF manda soltar ex-goleiro Bruno

Na manhã desta sexta-feira (24) foi divulgada decisão do ministro Marco Aurélio Mello, concedendo habeas corpus ao ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza.

Ele foi condenado a uma pena de 22 anos de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado contra a namorada, Eliza Samudio.

Bruno será solto e pretende retomar sua carreira no futebol.

Pessoas ligadas a ele garantem que diversos clubes já manifestaram interesse em contratá-lo.

da Redação 

Parte da decisão do ministro
Parte da decisão do ministro

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...