desktop_cabecalho

Jornalista expõe doente "apreço" do PT, cria crise na Globo e toma estranha atitude em seguida (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Mônica Waldvogel resolveu, estranhamente, se explicar no programa 'Em Ponto' desta terça-feira (10), após receber críticas por fazer uma associação entre o PT (Partido dos Trabalhadores) e o Hamas.

A jornalista esclareceu que estava se referindo a um manifesto assinado por parlamentares do PT que condenava a classificação do Hamas como "terrorista" pelo Reino Unido.

Informações de bastidores afirmam que esse fato criou uma crise na Globo.

Ela também destacou que conversou com um assessor de Gleisi Hoffmann, atual presidente do PT, enfatizando que "oficialmente nunca houve ligações entre o PT e o Hamas."

"Eu gostaria de aproveitar este momento para esclarecer um termo que usei ao comentar a omissão do nome do Hamas na nota oficial do Governo Brasileiro, que condenou os ataques terroristas em Israel", começou ela, na GloboNews.
"Eu disse que era [um tema] sensível porque parte do PT tem ligação com o Hamas, mas seria mais preciso dizer que parte do PT apoia ou tem simpatia pelo Hamas, como já deixaram claro em algumas ocasiões", continuou.
"Em 2021, 20 parlamentares do PT assinaram um manifesto condenando a classificação do Hamas como organização terrorista. Você pode encontrar a lista completa dos deputados que assinaram o manifesto em nossa página do G1", acrescentou.
"E conversei com um assessor da presidente Gleisi Hoffmann, que informou que oficialmente nunca houve ligações entre o PT e o Hamas", concluiu Mônica.

Confira:

Baixe o aplicativo do Jornal da Cidade Online e seja notificado sempre que algo URGENTE acontecer. Clique no link abaixo:

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/paginas/aplicativo

Quer ganhar um livro sobre o STF, navegar sem publicidade pelo JCO e ter acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade?

É muito simples! Basta assinar o PLANO ANUAL do JCO por apenas R$ 11,99 mensais.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Outra maneira de apoiar o JCO é adquirindo a obra "O Fantasma do Alvorada - A Volta à Cena do Crime" que revela assuntos proibidos sobre o "sistema". Basta clicar no link abaixo:

https://shoppingconservador.com.br/o-fantasma-do-alvorada-a-volta-a-cena-do-crime/p

Contamos com você!

da Redação Ler comentários e comentar