Zanin é repreendido por Moro e perde a fala, após agir como militante em audiência (veja o vídeo)

Após o massacre sofrido nesta quinta-feira (09) ante a advogada Rosângela Moro (veja aqui), o advogado, dublê de militante lulopetista, Cristiano Zanin, viveu novos e angustiantes embaraços nesta sexta-feira (10), na audiência de oitiva do atual ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que no governo Lula atuou como presidente do Banco Central.

Meirelles foi arrolado como testemunha do ex-presidente.

O objetivo da defesa era que a testemunha de alguma forma e mediante pressão, passasse um atestado de ‘boa conduta’ do petista no trato com o dinheiro público.

Mais uma vez, Zanin saiu frustrado e derrotado em suas pretensões.

Inclusive, o vídeo postado abaixo demonstra com clareza o gesto de insatisfação de Meirelles, quando Zanin insiste para que opine positivamente em relação a Lula.

Neste momento, Moro interrompe e indefere a pergunta. Zanin retruca, mas imediatamente é repreendido por estar fazendo ‘propaganda política’ do governo Lula.

Na sequência, Zanin demonstrou-se totalmente perdido e desconcertado. Interpelado por Moro, emudeceu por um tempo.

Depois, mais uma vez questionou Meirelles e não obteve a resposta que sonhava.

Foi mais um vexame para a vasta coleção da defesa de Luiz Inácio.

Veja o vídeo abaixo e tire suas conclusões.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça