O mais fiel aliado da picaretagem e da safadeza

O deputado federal Carlos Marum, um gaúcho radicado no Mato Grosso do Sul, que hoje sequer consegue andar nas ruas de Campo Grande, a capital do estado, tamanha a sua rejeição pela população, é mesmo incorrigível.

Membro atuante de uma organização criminosa capitaneada pelo ex-governador André Puccinelli, Marum, a peso de muito dinheiro, conseguiu o mandato de deputado federal.

Na Câmara transformou-se no mais fiel aliado de Eduardo Cunha, indo, inclusive, visitá-lo na cadeia em Curitiba, com dinheiro público. Flagrado, teve que devolver a grana.

Eis que agora, após a delação dos irmãos Batista, o deputado se prontificou a ser o advogado de Temer na sessão da OAB.

Esperto e aético, a atuação tortuosa de Marum visa sempre a obtenção de alguma vantagem, normalmente ilícita.

É um sujeito perigosíssimo.

Lívia Martins

livia@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Comentários