Temer já recompôs base, acertou TSE e não cai mais

Por enquanto, esqueçam a renúncia ou mesmo a cassação do presidente Michel Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Da mesma forma como foi ‘ingênuo’ para cair na arapuca montada por Joesley Batista, o presidente foi ágil para recompor sua base e garantir a não cassação do seu mandato pelo TSE.

Segundo o site ‘O Antagonista’ quatro ministros do TSE já estariam devidamente cooptados.

Os números da economia, que apontam uma recuperação do país, também foram preponderantes para a formação desse novo cenário.

Se novos fatos não vierem à tona, o que não pode ser descartado, mormente em função do pedido de prisão do deputado Rocha Loures - aquele que foi flagrado com uma mala recheada com R$ 500 mil da JBS - efetuado pelo procurador Geral da República Rodrigo Janot, Michel Temer fica até o final do mandato.

Um delação do ‘homem da mala’ poderia trazer Temer de volta ao picadeiro.

da Redação

da Redação

Comentários