Por falta de opção, Temer reage e falará a nação pedindo trégua

O ministro Gilmar Mendes comanda o circo montado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As provas não valem nada. A chapa Dilma-Temer será absolvida. É o que tudo indica.


Inclusive, nesse sentido, o ‘day after’ de Michel Temer já está desenhado.

Segundo a ‘Folha de S.Paulo’ a primeira providência será derrotar Rodrigo Janot no parlamento.

A denúncia que o procurador-geral da República deve oferecer contra o presidente, necessita de autorização do Congresso Nacional para prosperar e seguir adiante. O governo acredita que derruba a iniciativa com cerca de 250 votos. De quebra, a 'tropa de choque' comandada por Romero Jucá vai jogar pesado para destruir qualquer possibilidade de investigação contra Temer.

Por fim, a terceira providência, seria derrubar no voto recurso da oposição pedindo que as propostas de impeachment contra Temer tramitem na casa.

Assim, para fechar com ‘chave de ouro’ os novos tempos para o governo, Temer falará à nação, clamando por trégua, mostrando números da economia e pedindo que permitam que se dedique a exclusivamente governar.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Política