Temer abre guerra contra Fachin e já teria descoberto que ministro voou em avião da JBS

O presidente Michel Temer está disposto a tudo para salvar o seu mandato e vai partir para o ataque, buscando fazer uma verdadeira devassa na vida daqueles que considera os seus algozes. O alvo principal é o ministro relator da Lava Jato no STF Edson Fachin.


Uma reportagem da revista ‘Veja’ que entrou em circulação neste final de semana, revela que o governo ‘acionou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o serviço secreto, para bisbilhotar a vida do ministro com o objetivo de encontrar qualquer detalhe que possa fragilizar sua posição de relator da Lava-Jato’.

Segundo a reportagem, ‘o pecado de Fachin, aos olhos do governo, foi ter homologado a explosiva delação do dono da JBS, Joesley Batista, que disparou um potente petardo contra o governo Temer. A investigação da Abin, que está em curso há alguns dias e teria encontrado indícios de que Fachin voou no jatinho da JBS’.

Em se confirmando a informação do voo do ministro no avião de Joesley, será, sem dúvida, uma enorme pancada contra a dignidade e imparcialidade do magistrado.

Em nota, Temer negou a ‘bisbilhotagem’ na vida do ministro.

Por outro lado, a ministra Carmen Lúcia, presidente do STF, já se antecipou e também em nota, asseverou que ‘é inadmissível a prática de gravíssimo crime contra o STF, contra a democracia e contra as liberdades, se confirmada informação de devassa ilegal da vida de um de seus integrantes’.

Novos acontecimentos prometem agitar a semana.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política