O julgamento da chapa Dilma/Temer nos deixa um importante recado: sem mobilização popular seremos massacrados

Não importando quais são os verdadeiros  motivos que nos desmobilizam ou o quê nos deixa apáticos, frente aos graves acontecimentos que assolam a nação brasileira, uma coisa ficou claro para todos nós : se nada fizermos, nada mudará e seremos massacrados.

Precisamos invadir as ruas de todos os municípios do país para exigirmos que o certo, o ético e o justo, dentro da lei, seja cumprido.

Milhões de cidadãos precisam voltar a invadir as ruas e Brasília se preciso for.

A onda verde amarela precisa voltar a dominar o cenário nacional. 

O que vimos acontecer no julgamento da chapa Dilma/Temer, apesar de legal, beira o imoral.

Ficou evidente, para quem não se nega a enxergar a realidade dos fatos, que a interpretação da lei não depende da cabeça do juiz, mas sim de quem o indicou.

O aparelhamento do estado por correntes ideológicas divergentes se tornou público, ameaçando de forma vergonhosa os verdadeiros interesses dos cidadãos brasileiros e do próprio país em si.

Nunca ficou tão óbvio  este problema. Hoje o paciente não queixa-se simplesmente de uma dor subjetiva, mas consegue apontar para o seu médico, o seu nervo exposto e macerado pela doença.

O cabo de guerra entre o grupo de juízes que defendem os interesses  da esquerda socialista bolivariana, que não se cansam de tentar transformar o Brasil em uma Venezuela e o grupo de juízes que advogam à favor dos políticos que querem continuar saqueando os cofres da nação impunemente, nunca ficou tão claro.

Esses senhores, com raras e honrosas exceções, pouco estão se lixando para a verdadeira justiça ou pelos reais interesses nacionais, apenas tentam pagar as dívidas pessoais para com aqueles que os colocaram naquele maravilhoso emprego.

Ou a sociedade se mobiliza e pressiona com toda a força esses representantes dos poderes nacional  (legislativo, judiciário e poder executivo) para que ajam em defesa dos interesses nacionais, ou estaremos perdidos.

A sociedade brasileira precisa fazer valer a sua força e os seus direitos, afinal de contas quem paga os impostos e sustenta a nação somos nós. Precisamos sair da posição de escravos subservientes e assumirmos a posição de senhores de nossos destinos.

O que assistimos no julgamento da chapa Dilma/Temer foi simplesmente vergonhoso. 

A justiça brasileira, a cada dia que se passa, se aproxima mais da fossa imunda em que se encontram atolados até o pescoço os políticos corruptos brasileiros.

É muito perigoso quando o povo perde a fé e passa a não mais acreditar nos poderes oficiais da nação.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Leia mais...

Mais em Opinião