Um dia o eleitor entenderá que o preço que ele cobra por seu voto é muito barato

Quando será que o povo entenderá que o péssimo transporte público brasileiro é reflexo direto de sua péssima escolha eleitoral?


E que o atendimento indigno oferecido aos cidadãos doentes nos hospitais públicos espalhados pelo Brasil é também uma consequência de seu voto vendido ao candidato espertalhão?

E a segurança pública deficitária, e as péssimas condições das estradas brasileiras, e a falta de saneamento básico?

É brincadeira.... uma reportagem transmitida recentemente por uma emissora de televisão mostrou a péssima qualidade do transporte público coletivo. Como gado as pessoas eram transportadas em trens super lotados no metrô de São Paulo no horário de pico.

Obras, com menos de 1 ano de construção, destinadas a circulação exclusiva de ônibus no Rio, se encontram completamente esburacadas e destruídas devido a péssima qualidade do material utilizado e o seu projeto inadequado. 

Em Mato Grosso do Sul, vagões e linhas férreas estão paralisados e estragando no tempo, porque a obra do trem de superfície já consumiu todo o orçamento (quase 1 bilhão de reais) e as empreiteiras desejam mais dinheiro para terminar o projeto.

A corrupção, o mau emprego dos recursos públicos, seja através de obras mal planejadas, com material de baixa qualidade e/ou superfaturadas, consomem o dinheiro de nossos impostos, sem que recebamos qualquer benefício em melhorias na infraestrutura ou em serviços públicos de qualidade.

O que dizer então de obras faraônicas financiadas no exterior, com recursos do BNDES, com juros baixos e prazos à  perder de vista?

Se propinas eram pagas aos políticos brasileiros em obras realizadas aqui dentro do país, imaginem em obras realizadas em países governados por ditadores comunistas simpatizantes do PT/ PMDB/PSDB/PQP?

É um verdadeiro assalto aos cofres da nação. Enquanto esses bandidos vivem como verdadeiros milionários, o povo sucumbe de joelhos, em um país miserável, que a todo momento reforça a triste mensagem ao povo mais humilde: o crime no Brasil compensa e a justiça só pune os pobres e os miseráveis.

Obs.: Relação das obras financiadas pelo BNDES na gestão do PT:

Usina Siderúrgica Nacional  ( Venezuela 865 milhões de dólares ), Porto Mariel ( Cuba 682 milhões de dólares ), Termoelétrica a carvão ( República Dominicana 656 milhões de dólares ), Estaleiro de Navios  ( Venezuela 637 milhões de dólares ), Gasoduto ( Argentina 636 milhões de dólares ), Linha II Metro ( Venezuela 527 milhões de dólares ), Gasoduto  ( Argentina 436 milhões de dólares ), Linha V do metrô  ( Venezuela 368 milhões de dólares ), Barragem  ( Moçambique 320 milhões de dólares ), Sistema de Água  ( Argentina 293 milhões de dólares ). Fonte Veja.com 2 jun 2015.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política